Normas para Publicação

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS / RESENHAS / SEÇÃO ESPECIAL / ENSAIO FOTOGRÁFICO

ARTIGOS

Os artigos serão submetidos ao Conselho Editorial, ao qual cabe a responsabilidade de recomendar ou não a publicação. Critérios a serem atendidos para artigos enviados:
  1. Só serão aceitos artigos inéditos.
  2. Os artigos precisam estar submetidos em português ou espanhol (a aceitação de trabalhos em língua estrangeira fica restrita a pesquisadores vinculados a instituições internacionais).
  3. A avaliação dos artigos obedecerá ao formato blind-review.
  4. Os arquivos devem ser submetidos em extensão“.doc”, “.docx” ou “.rtf”.
  5. Tamanho do artigo: o artigo deve ter entre 10 e 15 páginas, incluindo gráficos, tabelas e figuras.
  6. No caso de arquivos com gráficos, tabelas e figuras que excedam o limite de 15 páginas, o artigo poderá ter até 16 páginas.
  7. Estrutura do artigo:
    1. Corpo do texto: Arial, tamanho 11 / Times New Roman 12. Espaçamento 1,5 no corpo do parágrafo.
    2. Título do artigo (português / inglês)
    3. Resumo (português / inglês) : de até 800 caracteres (sem espaços).
    4. Palavras-chaves (português / inglês): devem ser inseridos no texto até 5.
    5. Gráficos, tabelas e figuras: deverão ser enviadas separadamente e estar inseridos no corpo do texto, próximos aos locais de interesse. Devem estar identificados no texto e numerados seqüencialmente.
      • GRÁFICOS E TABELAS: apresentam título alinhado à esquerda, acima do gráfico ou tabela, no formato Arial, tamanho 11, itálico, normal.
      • ILUSTRAÇÕES E FIGURAS: apresentam legenda, no formato Arial, tamanho 9, normal. (As imagens (ilustrações ou figuras) devem ser inseridas no texto, e os arquivos de origem das mesmas devem ter extensão JPG ou TIFF, com resolução de 300 dpi. As imagens não podem, em hipótese alguma, ter problemas de direitos autorais.
      • Caso haja mais de um arquivo de gráfico, tabela e/ou figura, compacte em um arquivo ZIP ou RAR e envie no campo Imagem.
    6. Para citações no corpo do texto, será utilizado o sistema autor-data. Ex.: (Harvey, 1983, p.15). A indicação de página é recomendada quando a citação for literal.
    7. Citações literais com mais de três linhas devem ser colocadas em parágrafos especiais, obedecendo a seguinte formatação: um espaço antes e depois do parágrafo; letra Arial 10; espaçamento simples e com recuo esquerdo de 4 cm.
    8. As referências devem ser colocadas, em ordem alfabética, no final do trabalho completo, obedecendo os seguintes exemplos:
      • LIVROS:
        JACOBS, Jane. Morte e vida das grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
      • REVISTAS E/OU PERIÓDICOS:
        MARICATO, Ermínia. O urbanismo na periferia do mundo globalizado. São Paulo em perspectiva, v. 14, n. 4, p. 21-33, 2000.
      • BIBLIOGRAFIA "DIGITAL":
        OBSERVA POA. Observatório da Cidade de Porto Alegre. Disponível em: <http://www.observapoa.palegre.com.br/>. Acesso em 26 maio de 2006.
      • Quando não houver a informação, use as siglas "s.n.", "s.l." e "s.d." para, respectivamente, sine nomine (sem editora), sine loco (sem o local de edição) e sine data (sem referência de data).

        Questões ausentes e dúvidas de formatação devem seguir normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).



RESENHAS

Para o envio das resenhas, deverão ser seguidos os mesmos critérios especificados para os artigos, obedecendo as seguintes alterações:
  1. A avaliação das resenhas obedecerá ao formato blind-review.
  2. Só serão aceitas resenhas de livros inéditos, recentes ou de pouca divulgação.
  3. Os arquivos devem ser submetidos em extensão“.doc”, “.docx” ou “.rtf”.
  4. A resenha deverá ter no máximo 4 páginas.
  5. Uma imagem do livro com extensão JPG ou TIFF e resolução de 300 dpi. deverá ser enviada em arquivo separado.
  6. A resenha deve ter título diferente do título do livro resenhado.
  7. A resenha deve ter no seu início uma ficha técnica do livro resenhado, contendo os dados necessários (título, autor, editora, cidade, ano, número de páginas, ISBN, etc).

SEÇÃO ESPECIAL

Espaço voltado para descrever, relatar, criticar fatos recentes da realidade urbana.
  • O texto deve conter entre 4 e 6 imagens (fotografias ou outra tipo de ilustração) e em torno de 1000 a 1500 palavras.
  • Os ensaios serão aceitos de modo permanente através do site www.emetropolis.net e avaliados pelo Conselho Editorial,  ao qual cabe a responsabilidade de indicar ou não a publicação.
  • Os critérios de avaliação são:

a.       relevância do tema para a Revista. O ensaio de estar em sintonia com a problemática dos fenômenos urbanos.

b.      atualidade e originalidade do tema. Por um lado, o ensaio precisa apresentar uma discussão de questões ou fatos contemporâneos, por outro, pretende-se trazer para a revista também a realidade de espaços e contextos diversos, seja no Brasil como no mundo.

c.       Expressão textual e imagética. Embora se espere, nesses ensaios, formas de expressão mais livres e artística, o texto deve respeitar regras gramaticais da língua portuguesa e o ensaio deve estimular visualmente, também, a leitura e o interesse pelo seu conteúdo.


ENSAIO FOTOGRÁFICO

A temática do ensaio fotográfico é da escolha do autor, desde que aborde o urbano/regional em suas múltiplas dimensões.
  • O texto deve conter entre 10 e 15 fotografias (com resolução mínima de 150 dpi) .
  • Pequeno texto de apresentação e legendas (quando houver).
  • Os ensaios fotográficos serão aceitos de modo permanente através do site www.emetropolis.net e avaliados pelo Conselho Editorial, ao qual cabe a responsabilidade de indicar ou não a publicação.
  • Os critérios de avaliação são:

a.       relevância do tema para a Revista. O ensaio de estar em sintonia com a problemática dos fenômenos urbanos.

b.      atualidade e originalidade do tema. Por um lado, o ensaio precisa apresentar uma discussão de questões ou fatos contemporâneos, por outro, pretende-se trazer para a revista também a realidade de espaços e contextos diversos, seja no Brasil como no mundo.

c.       Expressão textual e imagética. Embora se espere, nesses ensaios, formas de expressão mais livres e artística, o texto deve respeitar regras gramaticais da língua portuguesa e o ensaio deve estimular visualmente, também, a leitura e o interesse pelo seu conteúdo.