nº 32 ano 9 | Março 2018
Artigo

Super-heróis e anonimato nas grandes cidades

o blasé, o homem da multidão e a dupla identidade nas histórias em quadrinhos

Por Marina Cavalcante Vieira

RESUMO

O Batman é Bruce Wayne e o Super-Homem é Clark Kent ou seria o caso de Clark Kent ser o Super-Homem e Bruce Wayne ser o Batman? Este artigo analisa a questão da dupla identidade nas histórias em quadrinhos a partir de uma reflexão sociológica sobre cidades, modernidade e individualismo, utilizando as narrativas de super-heróis como expressões que traduzem conflitos vividos pelas mulheres e homens modernos. Trabalha-se a questão da dupla identidade a partir da teoria sociológica sobre individualismo e anonimato em Georg Simmel, e todas as discussões aqui travadas dizem respeito aos primeiros quadrinhos do Batman e Super-Homem, criados em finais da década de 1930.

Palavras-chave: História em quadrinhos; Individualismo; Dupla identidade.

ABSTRACT

The Batman is Bruce Wayne and the Superman is Clark Kent or would it be the case of Clark Kent being Superman and Bruce Wayne being Batman? This article analyzes the question of double identity in comic books from a sociological reflection on cities, modernity and individualism, using the narratives of superheroes as expressions that reflects conflicts experienced by modern women and men. The question of the double identity is worked out from the sociological theory on individualism and anonymity in Georg Simmel, and all the discussions here dealt with the first Batman and Superman comics created in the late 1930s.

Keywords: Comic books; Individualism; Double Identity.

Marina Cavalcante Vieira
marina.cavalcante.vieira@gmail.com
é integrante do Grupo de Pesquisa Imagens, Narrativas e Práticas Culturais - INARRA/UERJ. Pesquisadora Visitante do Instituto de Estudos Culturais da Universidade de Humboldt, Berlim.